Abilify Lawsuit Lawyer - Assentamentos & Recalls - Comportamento Compulsivo

O processo da Abilify afirma que os fabricantes de Abilify não conseguiram alertar os médicos e pacientes de que a droga poderia causar apostas compulsivas, fazer compras, comer e fazer sexo. A partir de dezembro 2018, mais de 2,100 processos foram arquivados em tribunal federal contra os fabricantes Abilify.

Nosso escritório de advocacia não está mais aceitando clientes Abilify.

 

O que sabemos sobre as ações judiciais do Abilify?

Razões para o litígio Abilify

A Otsuka Pharmaceutical e a Bristol-Myers Squibb, as fabricantes de Abilify, são acusadas de projetar negligentemente o Abilify e esconder provas de que o medicamento aumenta o risco de comportamento aditivo.

Registros judiciais afirmam que os fabricantes de medicamentos não testaram adequadamente o Abilify; exagerou os benefícios da droga; e incentivou os médicos a usar a medicação para fins não aprovados pelo FDA. Abilify não é aprovado para tratar transtornos de ansiedade, demência, transtornos alimentares, insônia, transtorno obsessivo-compulsivo ou transtorno de estresse pós-traumático. No entanto, os fabricantes de Abilify convenceram os médicos a experimentá-lo para essas condições.

As principais questões legais
  • Os fabricantes de Abilify falharam em alertar médicos e pacientes sobre a conexão entre Abilify e comportamentos compulsivos.
  • Os criadores do Abilify esconderam evidências do governo quando receberam a aprovação da FDA.
  • Os fabricantes do Abilify convenceram os médicos a prescrever o Abilify para condições não aprovadas pelo FDA.
  • Os advogados argumentam que, se os médicos soubessem dos riscos reais de tomar o Abilify, os médicos teriam prescrito um medicamento diferente para tratar um paciente. Os médicos definitivamente teriam usado uma medicação diferente se o paciente começasse a ter um comportamento obsessivo.

     

    Abilizar lesões e efeitos secundários

    Em 2016, o FDA emitiu um aviso que havia revisado os casos 184 que conectavam o Abilify a comportamentos compulsivos, como questões relacionadas a jogos de azar, comportamento sexual, compras, alimentação e controle de impulsos.

    O comportamento viciado começou logo após o paciente começar a tomar Abilify, e parou depois que o paciente mudou para o medicamento diferente.

    O paciente desenvolve um desejo incontrolável de realizar uma ação (como, por exemplo, o jogo) e não pode deixar de fazê-lo. O paciente executará a ação mesmo que esteja causando lesões pessoais, sociais e financeiras.

    A lesão mais severa

    Abilify pode causar um comportamento viciante. Os pacientes não podem parar de realizar essas ações, mesmo que eles queiram desesperadamente parar, e as ações estão causando danos. Parece que o Abilify afeta o nível de dopamina do paciente, o que influencia os sentimentos de prazer do indivíduo.

    Os efeitos colaterais mais comuns causados ​​pelo Abilify são ansiedade; visão embaçada; Prisão de ventre; tontura; babando; sonolência; dor de cabeça; tontura; náusea; inquietação; dificuldade em dormir; e ganho de peso.

    Alguns doentes apresentam níveis elevados de açúcar no sangue (hiperglicemia) quando tomam Abilify. Os diabéticos devem verificar seus níveis de açúcar no sangue regularmente.

    Pré-adolescentes às vezes experimentam pensamentos suicidas ao tomar este tipo de medicação. Os membros da família devem monitorar cuidadosamente as crianças que tomam o Abilify.

    Tomar Abilify durante a gravidez pode causar danos ao recém-nascido, como sintomas de abstinência, dificuldades respiratórias e problemas de alimentação. No entanto, você não deve parar de tomar Abilify sem primeiro falar com seu médico assistente.

     

    Compensação em uma ação judicial Abilify

    Se você tiver sofrido prejuízos com jogos de azar causados ​​pelo Abilify, talvez seja possível buscar os seguintes tipos de danos:

    1. despesas médicas passadas e futuras para tratar seu vício.
    2. Dor e sofrimento mental passados ​​e futuros causados ​​pelo seu vício, como perder a família, amigos, emprego e finanças.
    3. Perda salarial.
    4. Perdas de jogo.
    5. Outras perdas econômicas que você sofreu por causa de seu comportamento compulsivo.
    6. punitivos, caso existam.

    A partir de dezembro 2018, mais de Ações judiciais 2,100 foram arquivados em tribunal federal contra os fabricantes de Abilify por indivíduos que alegam ter experimentado comportamentos compulsivos por causa da droga. Os casos estão sendo ouvidos por Juiz Chefe M. Casey Rodgers no Distrito Norte da Flórida.

     

    Abilize Montantes de Liquidação de Ações

    Abilize assentamentos

    Na 2005, a Bristol-Myers Squibb pagou uma multa de US $ 515 milhões ao governo dos EUA para liquidar as alegações de que a empresa comercializava o Abilify para pacientes idosos e crianças para pessoas não aprovadas. Fins "off-label".

    Em 2008, a Otsuka Pharmaceutical pagou ao governo dos EUA US $ 4 para liquidar reivindicações que a empresa comercializou Abilify para psiquiatras infantis e lares de idosos para fins não aprovados.

    Na 2016, a Bristol-Myers Squibb pagou US $ 19.5 milhões a vários governos estaduais para acertar as alegações de que a empresa minimizava os riscos da Abilify, deturpava os dados de ensaios clínicose promoveu ilegalmente o medicamento para fins "off-label". A empresa também pagou US $ 30 milhões ao estado da Califórnia por pagar ilegalmente aos médicos para receitarem sua medicação.

    Em 2016, os Estados Unidos O Painel Judicial sobre Contencioso Multidistrital decidiu que todas as ações judiciais federais envolvendo a Abilify e a conexão com o comportamento compulsivo devem ser tratadas por um juiz federal no Distrito Norte da Flórida. Em maio 2018, os três primeiros casos agendados para julgamento resolvido por um valor desconhecido.

    Em 2019, a liquidação confidencial foi atingido envolvendo todos os pedidos de lesão compulsória da Abilify apresentados no tribunal federal MDL.

     

    Advogado Mike Papantonio discute as ações judiciais de Abilify

     
    Assistir a mais vídeos
     

    Abilify Recalls & Warnings

    A partir de janeiro 2019, não houve um recordar de Abilify relacionado a comportamentos aditivos. No entanto, no 2016, a FDA exigiu que o rótulo Abilify fosse alterado para alertar sobre a conexão entre o Abilify e o jogo e outros comportamentos de dependência.

    O rótulo Abilify agora diz: "os pacientes podem não reconhecer comportamentos [adictivos] como anormais, é importante que os prescritores perguntem aos pacientes ou seus cuidadores especificamente sobre o desenvolvimento de novos ou intensos impulsos de jogo, compulsões sexuais compulsivas, compras compulsivas, compulsão ou comer compulsivo ou outros impulsos enquanto se trata com aripiprazol ".

    Curiosamente, os rótulos Abilify na Europa incluíam avisos sobre o comportamento aditivo começando em 2012, e o Canadá começou a exigir o aviso no 2015.

     

    Qual é o propósito de usar o abilify?

    Abilify é um medicamento anti-psicótico usado para tratar a esquizofrenia, transtorno bipolar, síndrome de Tourette, autismo e depressão.

    É suposto diminuir alucinações, pensamentos desorganizados, alterações de humor, pensamentos depressivos e tiques. Não é aprovado para tratar a demência e pode aumentar o risco de morte em pacientes que sofrem de demência.

    Abilify (aripiprazol) recebeu inicialmente a aprovação do FDA no 2002. É uma das medicações antipsicóticas atípicas de “segunda geração”, comumente conhecidas como ASGs. Outros fármacos desta classe são o Saphris (maleato de asenapina), o Clozaril (clozapina), o Seroquel (fumarato de quetiapina) e o Risperdal (risperidona).

    Abilify funciona bloqueando os receptores nas vias de dopamina do cérebro. Esses receptores estão envolvidos nos comportamentos motivados pela recompensa de uma pessoa. Drogas como o Abilify devem reduzir o mau humor, hiperatividade e comportamentos agressivos.

    Depois que a Abilify recebeu aprovação nos EUA para tratar a esquizofrenia, recebeu aprovação para tratar:

    1. transtorno bipolar (2004)
    2. depressão clínica (2007)
    3. irritabilidade associada ao autismo e vários transtornos psicológicos experimentados por adolescentes (2009)

    Na 2013, a Abilify foi o medicamento vendido com receita mais vendido nos EUA, com vendas anuais de vários bilhões de dólares.

     

    Abilify Ação Notícias

    Abilify Notícias

    FDA adverte abilify pode causar sexo compulsivo e jogos de azar

    A FDA emitiu um aviso de que o uso de Abilify está ligado a impulsos incontroláveis ​​para comer, apostar, comprar e fazer sexo. Relatado em Time Magazine - Abilify Comportamento Compulsivo Aviso

    A Popular antipsicótico drogas é desejos incontroláveis

    Abilify é um medicamento mais vendido que "é usado para tratar a esquizofrenia e pode ser usado em combinação com outras drogas para tratar a depressão", como afirma STAT News. Acontece que também pode, em casos raros pelo menos, causar efeitos colaterais muito estranhos. STAT informa que, em um aviso publicado ontem, a FDA explicou que a droga parece às vezes causar às pessoas que desejem se envolver em várias formas de comportamento impulsivamente, variando do sexo ao jogo. Relatado em New York Magazine - Abilify Incontrolável Insiste

    Abilify droga culpado por jogo compulsivo

    "A mãe de dois disse que perdeu a custódia de seus filhos e a posse de sua casa para um hábito de jogo que ela disse começou em 2008 depois que ela foi prescrita Abilify para depressão". Informado em FOX 31 - Jogo compulsivo e Abilify

    Calgary mulher parte da classe de ação judicial contra a fabricante de medicamentos

    "Uma mulher de Calgary é uma das centenas de canadenses que disseram que suas vidas foram impactadas negativamente pela droga Abilify e estão participando de uma ação coletiva. Christina Milisic foi prescrita a droga em 2013 para ajudar com alucinações e paranóia, mas em vez de Alívio, ela rapidamente notou novos comportamentos estranhos que ela não conseguiu controlar, especialmente jogos de azar ". CTV News - Canadian Abilify Class Action

    Bristol-Myers pagará $ 19.5 milhões em Abilify off-label marketing settlement

    Quase uma década após a resolução das acusações de marketing da Abilify com o Departamento de Justiça dos EUA, Bristol-Myers Squibb concordou em pagar US $ 19.5 para liquidar reivindicações semelhantes a nível estadual. Anunciado pelo procurador-geral de Nova York, Eric Schneiderman, o acordo abrange as alegações de que Bristol-Myers empurrou Abilify como um tratamento para crianças e para pacientes idosos com demência, quando nenhum dos dois foi aprovado pela FDA. Relatado em Fierce Pharma - Abilify Off-Label Settlement

    Bristol-Myers paga $ 30 milhões para liquidar taxas de encaminhamento

    Após quase uma década de litígio, Bristol-Myers Squibb concordou em pagar US $ 30 para liquidar acusações de autoridades da Califórnia de pagar propinas para induzir os médicos a prescrever vários dos medicamentos. Entre os muitos medicamentos para os quais os médicos foram persuadidos a escrever mais prescrições estavam a pílula de colesterol Pravachol; o diluente de sangue Plavix; Abilify antipsicótico; o tratamento com Glucophage diabetes; e o medicamento anti-ansiedade BuSpar. Relatado em STAT - Abilify Kickback Scheme

    Bristol-Myers Squibb pagará mais de $ 515 milhões para resolver alegações de marketing e preços de drogas ilegais

    O governo alegou que, da 2002 até o final da 2005, a BMS promoveu conscientemente a venda e o uso do Abilify, um antipsicótico atípico, para uso pediátrico e para tratar psicose relacionada à demência, ambos usos não relacionados à rotulagem. A Food and Drug Administration aprovou o Abilify para tratar esquizofrenia em adultos e transtorno bipolar, mas não aprovou o uso de Abilify para crianças e adolescentes ou para pacientes geriátricos que sofrem de psicose relacionada à demência. Na verdade, o FDA determinou que o rótulo para Abilify carregasse um Aviso "caixa preta" sobre o seu uso no tratamento da psicose relacionada à demência. Relatado em Departamento de Justiça - Marketing de Drogas Ilícitas

    Abilify Off-Label Marketing Case resolvido por $ 4M

    A Otsuka Pharmaceutical Co. Ltd. concordou em pagar US $ 4 para liquidar alegações trazidas pelo Departamento de Justiça dos EUA, alegando que a empresa comercializou sua droga antipsicótica Abilify para usos fora do rótulo, visando psiquiatras infantis e lares de idosos. Relatado em LEI 360 - Abilize Marketing Ilegal

     

    FDA e científicos Estudos sobre Abilify

    O FDA adverte da ligação entre Abilify e comportamento obsessivo

    A FDA emitiu uma advertência de que os impulsos compulsivos ou incontroláveis ​​de apostas, compulsão alimentar, compras e relações sexuais foram relatados com o uso da droga antipsicótica aripiprazole (Abilify, Abilify Maintena, Aristada e genéricos). Esses incontornos incontroláveis ​​foram interrompidos quando o medicamento foi descontinuado ou a dose foi reduzida. Relatado em FDA Abilify Safety Communication

    A FDA identificou pacientes 167 entre 2002 e 2016 que começaram a experimentar novos impulsos que levam ao comportamento compulsivo após o início do tratamento com Abilfy. Dentro de dias a semanas após a redução ou interrupção do medicamento, todos os pacientes relataram que seus impulsos pararam. Nenhum dos pacientes tinha histórico de jogo patológico, comportamento sexual compulsivo, compulsão alimentar ou compras compulsivas antes de iniciar o tratamento.

    Informações sobre Segurança para antipsicótico Abilify e risco de certos comportamentos de controle de impulso

    Etiquetas para medicamentos antipsicóticos de prescrição Abilify and Abilify Maintena (aripiprazole) foram atualizadas no Canadá para aconselhar um risco aumentado de comportamentos impulsivos de jogo patológico e hipersexualidade. Relatado em Saúde Canada - Abilify Safety Concerns

     
    Prêmios
    RECONHECIMENTOS
    • Melhores Sociedades de Advogados: US News & World Report
    • Best Lawyers in America
    • Salão Nacional de julgamento advogados da Fama
    • Justiça Pública Equipe Trial of the Year
    • Procurador Martindale-Hubbell Mulher Proeminente
    • National Law Journal Elite julgamento advogados
    • SuperLawyers
     
    Prêmios
    RECONHECIMENTOS
    • Melhores Sociedades de Advogados: US News & World Report
    • Best Lawyers in America
    • Salão Nacional de julgamento advogados da Fama
    • Justiça Pública Equipe Trial of the Year
    • Procurador Martindale-Hubbell Mulher Proeminente
    • National Law Journal Elite julgamento advogados
    • SuperLawyers
     
    júri veredictos
    veredictos de júri
    • $ 1 bilhões em Defective caixa do produto
    • $ 480 Million in Aplane Crash
    • $ 380 milhões no processo Poluição Ambiental
    • $ 150 milhões em Defective caso de drogas
    • $ 42 milhões em fraude Caso
    • $ 31 milhões no processo negligência médica
    • $ 25 Million em acidente de veículo a motor
    • $ 18 milhões em Descarrilamento de trem
    júri veredictos
    veredictos de júri
    • $ 1 bilhões em Defective caixa do produto
    • $ 480 Million in Aplane Crash
    • $ 380 milhões no processo Poluição Ambiental
    • $ 150 milhões em Defective caso de drogas
    • $ 42 milhões em fraude Caso
    • $ 31 milhões no processo negligência médica
    • $ 25 Million em acidente de veículo a motor
    • $ 18 milhões em Descarrilamento de trem
    DEPOIMENTOS
    DECLARAÇÃO DO CLIENTE

    Aqui estão algumas das notas que os clientes nos enviaram:

    Você salvou minha vida.
    Quero expressar minha mais profunda gratidão.
    Você significa muito para a nossa família.
    Eu sou muito grata.

    Para ler nossos comentários de clientes, visite nosso Página de depoimento.

     
    DEPOIMENTOS
    DECLARAÇÃO DO CLIENTE

    Aqui estão algumas das notas que os clientes nos enviaram:

    Você salvou minha vida.
    Quero expressar minha mais profunda gratidão.
    Você significa muito para a nossa família.
    Eu sou muito grata.

    Para ler nossos comentários de clientes, visite nosso Página de depoimento.