EM 08/01/11 A MERCK GASTOU $ 150 MILHÕES EM LITÍGIO, $ 0 NO ESTUDO DA ONJ | Levin Papantonio Rafferty - Escritório de Advocacia de Lesões Corporais

A PARTIR DE 08 / 01 / 11 MERCK GOSTOU $ 150 MILHÕES EM CONTAS, $ 0 EM ESTUDAR ONJ

Uma revisão dos registros públicos da Merck revela que a Merck gastou mais de US $ 150 milhões litigando aproximadamente casos 1,500 envolvendo pacientes com Fosamax que desenvolveram osteonecrose da mandíbula relacionada a bisfosfonatos após tomar o Fosamax. Este número é certamente surpreendente, dado o número relativamente pequeno de casos em litígio e dado o fato de que, dos casos 1,500, a Merck só fez descobertas ativas em menos de 50 dos casos. Talvez mais alarmante seja o fato de que, embora a Merck tenha dedicado mais de US $ 150 milhões aos honorários advocatícios e custos de especialistas, não dedicou nenhum dinheiro para conduzir qualquer estudo sistemático entre a droga Fosamax e a empresa. doença que causa osteonecrose da mandíbula relacionada a bisfosfonatos. De acordo com funcionários da Merck que testemunharam em ensaios na cidade de Nova York, a Merck sequer tentou abordar formalmente, por escrito, se deveria ou poderia estudar a relação entre sua droga e a osteonecrose da mandíbula.

Ação da Fosamax