Carta de 1968 é descoberta definindo um democrata - as coisas não mudaram em quase 50 anos | Levin Papantonio Rafferty - Escritório de Advocacia de Lesões Corporais

Carta 1968 Descoberta Definindo um Democrata - As Coisas Não Mudaram em Quase 50 Anos

A carta abaixo foi escrita por David Levin, fundador do escritório de advocacia Levin Papantonio, no 1968, e publicada no Pensacola News Journal. Foi redescoberto recentemente. Assustador! As coisas não mudaram em 50 anos.

Crenças, descrenças

Eu sou um ambientalista. Eu acredito que o ar e a água pertencem a todos, incluindo as gerações futuras. Eu não acho que os poluentes devam ser capazes de envenenar nosso ar, água, rios e córregos em nosso belo Golfo, porque os grandes negócios podem contratar lobistas caros.

Eu acredito na educação para todos que têm a capacidade de aprender. Aquele que é mantido no ensino superior por falta de fundos pode ter sido aquele que descobriu a cura para o câncer.

Eu acredito em um salário decente para todos os americanos que trabalham.

Acredito que todos os idosos têm direito ao seu Seguro Social e Medicare (pelo qual pagaram).

Acredito que no país mais rico do mundo, ninguém deve ser impedido de cuidados médicos razoáveis.

Eu não acredito em aborto, mas acredito que tal decisão de busca deve ser deixada para a mulher, seu Deus e seu médico.

Eu não acredito que balas assassinas de policiais e AK-47s devam ser legais, e traçadores em explosivos deveriam ser necessários.

Eu acho que isso me faz um democrata.

  • David H. Levin, Pensacola, August 1968