Bayer Pagará 1.4 Bilhão | Levin Papantonio Rafferty - Escritório de Advocacia de Lesões Corporais

Bayer para pagar 1.4 bilhões

Litígios relacionados ao produto yasmin ™ / YAZ ™:

A partir de julho, a 19, 2012, o número de processos pendentes nos Estados Unidos e da Bayer foi sobre a 12,325 envolvendo os requerentes da 13,530 (excluindo as reivindicações já liquidadas). Os requerentes alegam terem sofrido ferimentos pessoais, alguns deles fatais, devido à utilização de produtos contraceptivos orais contendo drospirenona da Bayer, tais como Yasmin ™ e / ou YAZ ™ ou da utilização de Ocella ™ e / ou Gianvi ™, versões genéricas de Yasmin ™ e YAZ ™, comercializados pela Barr Laboratories, Inc. nos Estados Unidos. A partir de julho 19, 2012, Bayer tinha alcançado acordos, sem admissão de responsabilidade, para liquidar as reivindicações dos requerentes 1,877 nos EUA para um montante total de cerca de US $ 402.6 milhões. A Bayer está apenas estabelecendo reivindicações nos Estados Unidos por lesões de coágulos venosos (trombose venosa profunda ou embolia pulmonar) depois de uma análise específica de casos de registros médicos em uma base contínua. Tais ferimentos são alegados em cerca de reclamações 6,000 e, portanto, em menos da metade dos casos atendidos até o momento. A Bayer tomou as medidas contábeis apropriadas para os custos de defesa antecipados e para acordos futuros antecipados e com base nas informações atualmente disponíveis e com base no número de processos pendentes alegando lesões por coágulos venosos. A Bayer está segurada contra riscos de responsabilidade do produto na medida em que é habitual na indústria. No entanto, as medidas contábeis adotadas excedem a cobertura de seguro disponível. Neste contexto, registramos despesas de € 0.5 bilhões no segundo trimestre. Supondo que o número de processos continuará a diminuir e que poderemos liquidar futuras reivindicações deste tipo por valores similares, em média, àqueles acordados até o momento e com base nas informações atualmente disponíveis, acreditamos que fizemos as devidas provisões para a maioria dos casos que consideramos dignos de liquidação com essas medidas contábeis e a cobertura de seguro agora esgotada.