Transvaginal malha Notícias
Transvaginal malha Notícias
  • Apesar dos processos judiciais de malha vaginal, os profissionais médicos estão indecisos

    A partir do fim de Outubro, tem havido em excesso de 50,000 processos de malha vaginal movidos contra os fabricantes desses dispositivos - ainda um estudo recente publicado no British Medical Journal sugere que esse tratamento para a incontinência urinária de esforço (IUE) e prolapso de órgão pélvico ( POP) é ​​geralmente considerado como seguro. No início deste ano, em uma reunião da Associação Americana de Urologia, foi anunciado que a ligação entre a malha e os sintomas dolorosos sofridos por essas mulheres era “claro”. No entanto, o número de cirurgias de revisão para remover a malha está aumentando.

    leia mais
  • Financiamento de processo judicial de malha transvaginal - é para você?

    Até agora, a American Medical Systems (endo) tem ido para a frente na resolução de processos judiciais enquanto o 3 do 4 restantes fabricantes “grande 4” continuar a lutar. De acordo com fontes da mídia e membros da comunidade legal, litígios sobre estas malhas poderia se tornar tão difundido como que mais de amianto.

    Uma complicação para a resolução desses processos é que muitas destas malhas não foram restritos e / ou recebido um maior escrutínio pelo FDA e muitos permanecem no mercado e ainda estão sendo implantados cirurgicamente para esta data. Muitos novos processos aparecer em uma base diária.

    leia mais
  • Vaginal malha ação judicial ser resolvida

    Esta queda, um grande fabricante de dispositivos médicos é colocar para fora milhões de dólares para liquidar suas ações de malha vaginal. Endo, que fabrica e comercializa estes produtos através de sua subsidiária, a American Medical Systems (AMS), será bifurcar-se sobre outro pagamento $ 400 milhões para resolver um grande grupo de casos de malha vaginal. Após este pagamento (e assentamentos anteriores ocorridos no início deste ano), Endo está definido para resolver quase todos os processos de malha vaginal atualmente pendentes contra a empresa nos EUA

    leia mais
  • Transvaginal malha Processo: Uma sacola

    Houve mais algumas indicações no mês passado que pelo menos alguns processo transvaginal os réus podem enfrentar acusações criminais. Há alguns meses, a organização de defesa do consumidor Corporate Action Network pediu ao procurador-geral dos Estados Unidos, Eric Holder, para iniciar uma investigação criminal sobre as alegações de que a Johnson & Johnson, empresa controladora do fabricante de telas Ethicon, se envolveu na obstrução da justiça quando documentos relacionados aos seus produtos foram enviados ausência de.

    leia mais
  • Transvaginal Settlements malha Judiciais mais frequente

    Endo, uma subsidiária da American Medical Systems, anunciou recentemente que estará pagando $ 830 milhões para resolver em torno 20,000 ações transvaginal malha processo pendente contra ele em litígio multidistrital. Esta é em cima de mais de US $ 54 milhões pagos no ano passado, bem como mais de US $ 1 bilhões a empresa está mantendo em reserva para cobrir seus custos legais.

    leia mais
  • Transvaginal Ação malha pode se tornar Processo Penal

    Isso não acontece muito frequentemente, mas quando isso acontece, é uma grande notícia - e pode ter graves consequências para o réu.

    É quando contencioso civil leva a uma investigação criminal. Por exemplo, se prova em um processo de morte por negligência indica que o réu agiu intencionalmente, e essas ações levou à morte da vítima, que o réu pode acabar enfrentando acusações de assassinato.

    leia mais
  • Transvaginal malha Ação News - Across The Pond

    Embora o número de processos judiciais de malha transvaginal nos EUA já tenha passado da marca de 60,000, incrivelmente, muitos médicos continuam a usá-los. Na maioria dos casos, essas telas são usadas para tratar a incontinência urinária de esforço (esse método é amplamente conhecido como “tipóia da bexiga”). A maioria dos médicos ainda prefere usar “faixas de bexiga”, que eles ainda consideram mais seguras e eficazes do que os procedimentos tradicionais.

    leia mais

PÁGINAS